Skip to content

Miss Cabo Verde 2011: Tirzah ÉVORA

12/06/2012

A jovem salense de 19 anos de idade, Tirzah Évora, foi eleita a mulher mais bela de Cabo Verde, título que, conforme disse, lhe dá muita alegria, conferindo, também, responsabilidades.

As candidatas foram vestidas pela estilista brasileira Claudia Fogatti, que procurou valorizar a beleza dessas meninas nos trajes tradicionais, biquíni e roupas de gala que desfilaram nas suas três passagens.

A gala da beleza aconteceu no Anfiteatro José Cabral, nos Espargos, e contou com animação musical e danças de vários grupos da ilha do Sal.

Tirzah Evora

Tirzah Évora

Tirzah Évora  has been crowned Miss Cape Verde 2011 at the Jose Cabral Amphitheater in Espargos. Due to visa problems, she could not participate in Miss World 2011 in London, U.K. But now Tirzah Evora will represent Cape Verde in Miss World 2012 in Ordos, Inner Mongolia, China.

Tirzah graduated from high school in July 2011. Her hobbies include: reading, playing basketball and dancing, especially to hip-hop music. Tirzah currently volunteers within her local community and describes herself as a very friendly, talkative and dedicated person.
Cape Verde News

Tirza Evora

Tirzah Évora. foto@Capital Modell.

Raquel Pinto was the first runner-up and Wini Alves was the second runner-up. 15 contestants competed in the national pageant.

Tirzah Evora swimsuit

Tirzah Évora swimsuit

* Tirzah Évora foi eleita a mais bela de Cabo Verde

* Miss World 2011 – Cape Verde – Tirzah Ellen TOMAR DA CRUZ LIVRAMENTO ÉVORA

Cidade dos Espargos 03 Nov (Inforpress) – Alguns salenses manifestam-se inconformados com a não participação da recém eleita Miss Cabo Verde, Tirzah Évora, no concurso Miss Mundo, em Londres, por não lhe ter sido concedido visto de entrada.

A salense de 19 anos, Tirzah Évora, eleita recentemente a mulher mais bela de Cabo Verde, não vai representar o país no concurso Miss Mundo, que acontece no dia 7 de Novembro, em Londres, facto que tem gerado um certo descontentamento no meio salense.

Tirzah Évora deveria seguir para a Inglaterra, no dia 19 de Outubro, onde iria ficar até ao concurso Miss Mundo. Porém, segundo disse, recusaram-lhe conceder o visto que lhe dava oportunidade de representar o país nessa vertente cultural ao mais alto nível do mundo.

De entre as 15 candidatas, vindas de diferentes pontos do Arquipélago, a detentora da coroa Miss Cabo Verde, foi a considerada a mais perfeita de todas, tendo desfilado com vários trajes, designadamente fato-de-banho, traje de apresentação, tradicional e gala, no evento organizado pela Capital Model, na ilha do Sal, em Outubro último.

Expectante que estava em relação à sua participação em Londres, um tanto ou quanto desapontada com a situação, que lhe caiu como um “balde de água fria”, conforme disse, Tirzah Évora não quis, entretanto, falar mais sobre o assunto, dizendo simplesmente que “há outras oportunidades”.

“A eleita Miss Cabo Verde não ter de participar num evento desta categoria, na Inglaterra, o que só engrandecia o país, quanto mais não seja, por falta de visto… é grave”, desabafa a salense Helena Sousa, para Sara Ribeiro complementar dizendo que fala-se na ascensão da cultura, todavia, as oportunidades são dadas a uns e a outros não”.

A Miss Cabo Verde, que também é jogadora de basquetebol, pretende seguir viagem no próximo ano para os Estados Unidos, onde deseja fazer curso superior em Gestão de Empresas, através da bolsa atleta, que lhe permite jogar para a mesma universidade que vai frequentar.
Salenses inconformados com a não participação de Tirzah Évora no Miss Mundo em Londres

From → The blog

Comments are closed.

%d bloggers like this: